Searching...
5 de janeiro de 2013
sábado, janeiro 05, 2013

No Espaço do Fã dessa semana: Cleber!

O novo ano já começou e com ele algumas pequenas mudanças no nosso Espaço do Fã: Mudamos a arte das imagens do álbum no Facebook (em breve aqui) e lançamos uma novidade que promete dar mais dinâmica e despertar o seu lado entrevistador. A partir de agora, o fã entrevistado deve deixar uma pergunta para o próximo fã. E para estrear o ano novo com o pé direito convidamos um fã que viveu a época de ouro da Angélica e vai falar sobre os momentos inesquecíveis ao lado de nossa apresentadora.

Cleber, que mora em São Paulo, foi fã da Angélica por 15 anos e seguidor por 6. Hoje em dia, apesar de não se considerar mais fã, continua admirando a loira e administra o Angélica Groups e fan page Angélica no Face.

Cleber, 32 anos,
São Paulo/SP

1) Conte como Angélica está presente na sua rotina. Atualmente nem me considero mais fã da Angélica, pois acredito que ser fã é muito mais que simplesmente gostar ou admirar. Somente quem é fã, sabe os sacrifícios que o fã faz, e amor incondicional que é impossível de ser descrito. Contudo, recentemente criei um grupo fechado no Facebook (Angélica Groups), cujo a proposta era reencontrar e restabelecer contatos com os amigos antigos do fã clube. Mas os objetivos se alteraram naturalmente, lá é o refúgio de muitos, onde pode-se dividir histórias vividas que envolvem a loira, e também se tornou o encontro de gerações, já que a Angélica possui muitas fases e junto gerações diferentes de fãs. Os fãs atuais, se sentem muito carentes com o afastamento da apresentadora na TV (devido sua licença maternidade e mudanças na grade da emissora), e o nosso grupo se torna um lugar mágico para eles, onde se sentem sempre revivendo o auge da apresentadora com nossas histórias contadas, fotos e vídeos postadas, e até mesmo as mais diversas discussões. Outro ponto interessante, é que muitos destes fãs nem eram nascidos no auge do sucesso  e o grupo serve para eles terem a noção e entenderem o grande respeito que Angélica possui nos dias de hoje. Ser um grupo fechado, no sentido de necessitar de autorização para se tornar um membro, garante a todos privacidade em tudo que contam e compartilham. Depois do Angélica Groups, surgiu a ideia da fan page não oficial no Facebook (angelicanoface). Lá a ideia é outra, não há discussões nem postagens pelos frequentadores, o objetivo é expor toda a trajetória da Angélica em ordem cronológica com material de qualidade que o fã pode até imprimir, muitos fãs adoraram a ideia porque sempre podem rever matérias de revistas na íntegra, videos e programas exibidos e até mesmo fotos inéditas, sem precisar revirar pastas e mais pastas de seu acervo.

2) Dificilmente você lembrara o dia em que começou a gostar da Angélica. Mas tente nos contar quando você percebeu que amava a nossa loirinha, que tipo de programa ela apresentava na época e qual idade você tinha. Eu tinha 8 anos quando comecei a gostar da Angélica, assistia ao "Clube da Criança" quando eu podia, pois estudava à tarde. Muitas vezes, fingia estar doente só para não ir à escola e assistir ao programa. Eu não acredito em fanatismo na infância, ou a criança gosta ou não gosta, simples assim... E a Angélica me cativava, e era linda... Eu contava os dias para chegar o mês de outubro para ganhar seu disco, lançado propositalmente nessa época para aproveitar o dia das crianças.

3) Coleciona? Se sim, qual foi a primeira revista e/ou primeiro CD que você comprou dela? Hoje não coleciono mais, mas tenho um vasto material até 2002, ano em que parei de colecionar e de ser fã seguidor. Muito difícil lembrar a primeira revista no meio de tantas e há tanto tempo, mas eu lembro que meu pai comprava a revista "Semanário" por causa de uns livros que vinha junto, é claro que eu catava todas Angélicas pra mim... Minha tia assinava "Contigo!", eu fazia a limpa quando ia na casa dela... E a "Caras" quando foi lançada também tinha coleção de não sei o que que vinha junto, meu pai comprava e eu pegava tudo. Amo as Caras que saíam antigamente, Angélica era uma das recordistas, sempre saía e com fotos lindas e exclusivas para a revista, bons tempos... Em relação aos álbuns, sempre comprei ou ganhava todos na época mesmo, até o quinto minha mãe que me deu, sempre no dia das crianças. Do sexto em diante eu comprava com meu próprio dinheiro. Lembro-me que a partir de junho, eu ligava pra um monte de loja de 15 em 15 dias para saber quando seria lançado o novo álbum. Eu sempre era o primeiro a comprar na loja (risos).

4) Nem todo amor é compreendido, ainda mais amor de fã. Como sua família entende esse seu amor? Eles apoiam ou nem sabem que você é fã da Angélica? Toda mãe tem um pouco de ciumes da Angélica, a minha não foi diferente. Mas não era muito... Meu primeiro show, que foi a primeira vez que vi a Angélica, minha mãe estava comigo e ela ficou tão encantada quanto eu. Até hoje ela diz que a Angélica parecia uma boneca.

Foto fornecida por Cleber da primeira vez que ele viu Angélica de perto. "Meu primeiro show
e a primeira vez que a vi... Abrindo o show cantando Vou Ficar", contou Cleber.
5) Angélica dedicou grande parte de sua carreira a música. Dentre todas as músicas lançadas por ela, qual você mais gosta? Por quê? Há várias músicas que gosto, e como todos que gostam eu digo que é impossível escolher uma só. Costumo dizer que cada fase da minha vida foi marcada por alguma e por algum motivo, então destaco "Além das Nuvens" (ouça aqui) que lembra muito a minha infância e que era musica da vinheta de abertura do "Clube da Criança" e também de algumas entradas dela no programa; "Vou Ficar" (ouça aqui) porque foi a música que abriu o primeiro show que fui e era a primeira vez que a via de verdade; e "Ciúme" que ela estava no maior auge de sua carreira, com muitos shows e foi mais ou menos a época que conheci os fãs mais próximos.


6) Qual momento mais marcou a vida da Angélica e porquê? Escolha um momento para cada uma das opções: pessoal / apresentadora / atriz / cantora / outro.
  • Pessoal - Gravidez/Nascimento do Joaquim foi o momento pessoal mais importante dela, foi a partir dali que tudo teve que mudar definitivamente, um caminho sem volta. A prioridade se tornou a família, que na minha opinião está mais que certa. Não podemos ser egoístas a ponto de querer que ela dedique a vida toda dela ao público... Ela dedicou a vida toda até aqui, agora está na hora dela fazer isso tudo para a infância mais valiosa, a dos filhos dela.
  • Apresentadora - o SBT. Acho que lá foi uma verdadeira escola pra ela. Quando você assiste as primeiras "Casa da Angélica" (1993) você ainda percebe um jeitinho de Manchete (assista aqui), e quando passa a ver mais adiante as "Casa da Angélica" (1995, 1996), você percebe a grande diferença e evolução (assista aqui). Acho que ali ela se consagrou como apresentadora. Conquistou também o público adolescente com o "Passa ou Repassa" e adulto com o "TV Animal". Apresentadoras infantis sempre foram motivo de chacota no meio social adolescente, lembro-me que nessa época, Angélica tinha o respeito de muitos e não era motivo de zoação.
  • Atriz - Sem dúvida "Caça Talentos" (assista o primeiro capítulo aqui) foi o mais importante de todos no quesito atriz. Virou febre em todas as idades e até hoje muitos sentem o seu fim inexplicável. "Um Anjo Caiu do Céu" (assista a primeira participação de Angélica na novela aqui) e "Xuxa e os Duendes" (assista aqui) também foram papeis importantíssimos na minha opinião, pois ela interpretou anjo e novamente fada, e as pessoas não viram nenhuma relação com a Fada Bela. É difícil você fazer papeis tão parecidos sem caracterizá-los como iguais ou o público não fazer comparações de semelhança.
  • Cantora - A carreira de cantora sempre foi um apêndice da apresentadora, uma necessidade, ela mesma disse várias vezes que não era cantora... Esse vínculo atrapalha um pouco esta avaliação. Só fã realmente acha Angélica uma cantora impecável, mas acho que isso é por falta de aproveitamento. O último CD parece que tinha uma proposta mais palpável em termos de cantora, mas é uma pena que o projeto finalizou por ai e não teve a chance de mostrar o seu verdadeiro potencial.
  • Outro - Momento Destaque - É indiscutível que "Vou de Táxi" foi uma febre e vendeu milhões, que Manchete foi o início de tudo e que sem ela não teria chegado onde chegou... MAAAS a sua ida para a Globo merece um grande destaque! Foi na Globo que ela se tornou uma artista consagrada no maior grau que um artista poderia alcançar. Ali, não houve mais degraus para subir... Tornou-se a líder de produtos licenciados no Brasil e chegou a ter mais destaque que a própria Xuxa. Vejo os anos 96 e 97 como a era Angélica, onde um dos carros chefe da Globo era ela.
"Essa, se não me engano, foi uma das primeiras fotos com ela. Angélica
quis posar com um anjo que eu tinha lhe dado", contou Cleber.
7) Alguns fãs tem o privilégio de manter contato com a nossa loira através das gravações, você é um desses sortudos! Quando você conheceu a Angélica pessoalmente (se possível, nós dê a data!)? Nesse momento tão especial, você já era um fã? Conte-nos um pouco como foi esse dia. Quando eu a vi pela primeira vez ao vivo, em 1995, já era fã mas nesse dia não tive contato com ela. Eu só tive o contato posteriormente quando conheci os fãs mais próximos daqui de São Paulo. Confesso que houve um pouco de resistência por alguns no começo, pois era difícil a entrada de alguém novo na "panela", mas com o tempo foi dando tudo certo. Aeroportos, eventos e programas foram lugares que me tornou mais próximo dela. E tudo isso devo agradecer primeiramente ao Alan que me introduziu ao grupo e posteriormente à Amanda que me deu muitas oportunidades.


Matéria do Vídeo Show em que Angélica visita o fã-clube que Cleber fazia parte na época.

8) Qual momento ao lado dela foi o mais marcante para você? Queremos saber quando aconteceu e que nos conte como foi esse dia. Todos os momentos que você tem a chance de se aproximar e estar fora das câmeras são marcantes. Então teve vários, como o dia que ela foi visitar o fã clube com o "Vídeo Show"; quando reservou uma churrascaria no RJ para ir comemorar o aniversario dela com a gente; o dia que estava eu e mais um no aeroporto sozinhos, e ela ficou lá lendo revista e comentando a reportagem dela com a gente; o dia do lançamento das jóias by Galle, que o empresário proibiu a nossa entrada e ela fez a gente entrar junto com ela; o "Angel Mix" de aniversário que ela atendeu um por um pra tirar fotos; e quando fui convidado pra festa fechada para imprensa e amigos de lançamento do site no RJ, entre outros...

Nas duas primeiras fotos, Cleber registra o encontro com Angélica no aeroporto. Na ocasião, a loira estava lendo a revista que tinha acabado de chegar à banca e comentava com ele a matéria. A terceira imagem é a festa de aniversário de 27 anos em que ela recebeu os fãs. A quarta foto é o lançamento do site oficial da globo.com. E a última foto foi tirada na festa de lançamento das joias by Gale.
9) Em que momento a Angélica serve de exemplo ou como uma amiga mesmo não estando presente? Como amigo não digo, mas de exemplo sim... Seja simples e humilde, não importa quem você seja ou faça.

10) O que mais admira na Angélica? O olhar, é muito forte!

Foto tirada na festa que Angélica fez para os fãs em comemoração aos seus 27 anos.
11) Defina Angélica em uma palavra. Linda! Explicando: Não há explicação...

12) Você se incomoda com os boatos? Não.

Cleber frequentemente encontrava Angélica nos aeroportos e essa é uma das fotos desses momentos. 
13) Algo que você ainda quer ver a Angélica fazendo. Fazer um programa de auditório sentada num sofázinho entrevistando celebridades nas noites de segunda-feira. Acredito que ela seria uma perfeita Hebe.

Foto tirada na última vez que Cleber a encontrou em 2002. Na ocasião, ele presentou a loira com uma placa de vidro com o A e a assinatura dela jateado em relevo. "Ela abriu o presente e nomeou de Troféu Angélica e fez essa festa no meio do aeroporto", contou Cleber.
14) Você já teve site, esteve envolvido com fã-clubes e participava ativamente das gravações dos extintos programas da loira, além disso, possui um grande acervo de materiais lançados pela Angélica. O que te levava a fazer tudo isso? Quanto você acha que gastou para ter essa imensa coleção? Atualmente, além de ter criado o Angélica Groups, mantém atualizado com scans, vídeos e fotos raríssimas a fan page http://www.facebook.com/angelicanoface. Depois de um tempo sem estar tão envolvido com Angélica, sentiu necessidade de estar mais próximo daquilo que você viveu e dos outros fãs? Na sua opinião, o que mudou na Angélica com que você convivia para a atual? Se puder, fale sobre alguma característica curiosa da Angélica que desconhecemos. Quando você conhece o artista de perto é como se houvesse um feitiço, você quer cada vez mais... Um verdadeiro vício. Você se sente bem, te deixa feliz, não há como explicar, você simplesmente quer mais e mais... Não há limites.
 Não faço ideia quanto eu gastei, mas gastei muito. Eram viagens, filmes, revelações, revistas, jornais, conduções e por ai vai. Cansei de percorrer sebos de São Paulo, passando tarde e tardes procurando algo que eu não tinha no meio de muito pó e velharia. Hoje em dia a internet facilita tudo, antes não era nada assim. Todo domingo eu ia à banca de jornais e folheava todas as revistas e jornais, quando ela saía em quase todas era um grande problemão!
 Não senti necessidade de estar envolvido. Mas, um dia conversando com um fã na internet me dei conta que muitos da nova geração não fazem ideia do que foi Angélica nos anos 90. Mostrei a ele alguns vídeos e ele ficou surpreso e sem palavras. Então senti a necessidade de compartilhar com eles, muitos nem eram nascidos, mostrar a história e trajetória de sucesso, a manifestação do público nos programas, as músicas sendo tocada nas rádios, participações em programas de várias emissoras.

Após 10 anos sem encontrar Angélica, Cleber se encontrou com ela em 28 de maio de 2012.
Na ocasião, Angélica estava em São Paulo para lançar sua linda de bolsas pela Le Postiche.
 Alguns meses atrás fui revê-la. É incrível como depois de 10 anos ela continua linda, parece que não mudou nada desde a última vez que a vi... Beleza hipnotizante e olhar forte que te deixa sem fala, totalmente mudo como se aquilo não fosse real. Mas isto é aparentemente... Agora, em relação à pessoa em si que vejo na TV, aquela que eu conheci tinha como meta a carreira, o trabalho. A atual é mais madura, tem como meta a vida pessoal. Hoje ela não pode pensar só na vida dela como fazia antes... Ela vivia sozinha, trabalhava pra ela, o dinheiro era dela... Hoje não! Hoje ela tem uma família, não pode pensar só nela e sim nos filhos também... O que é bom pra eles e a influência disso tudo na vida deles. Não se trata mais só dela, hoje ela tem mais responsabilidades.
 Vixe, não sei o que vocês conhecem e desconhecem, mas digo que embora não pareça, a Angélica é uma pessoa tímida com quem não conhece. Se você não estabelecer um diálogo com ela, ela fica muda (risos).

Foto tirada na visita ao fã clube, matéria pro Vídeo Show.
15) Como e quando conheceu o blog Angelical Touch?
Conheci este ano, quando passei a ter mais contatos com os fãs atuais.

16) Além da Angélica, gosta/coleciona outro artista? Hoje não coleciono e não sou fã de mais ninguém. Mas fui fã e tive contato por bastante tempo com Sandy e Junior. Hoje gosto muito de artistas internacionais como Simple Plan, McFly e Greyson Chance, mas não me considero fã.

Foto tirada no Angel Mix, após Angélica celebrar no palco do programa seu aniversario de 25 anos.
FIM!

Antes de qualquer coisa, quero agradecer ao Cleber por dividir com os outros fãs tantos momentos e histórias ao lado de nossa musa. Tenho certeza que esses 15 anos dedicados a admirar, colecionar e acima de tudo amar Angélica se tornaram inesquecíveis para você. Aproveitando o post, convido o pessoal que está lendo essa entrevista para clicar aqui e curtir a página que o Cleber mantém atualizada com fotos e vídeos da vida e carreira de Angélica. Lá você encontra grande parte dos trabalhos feitos pela loira em ordem cronológica. A página está em constante atualização e raridades são comuns por lá!

Quer ser o próximo? Então nos envie um e-mail clicando aqui. Conheça nossa página dedicada aos fãs aqui, adicione-a aos seus favoritos, e participe ativamente! Envie sua sugestões de perguntas para o nosso e-mail (aqui) ou deixe sua sugestão nos comentários. Você poderá ser o próximo!

1 comentários:

LEIA AS REGRAS:
Todos os comentários são lidos e moderados previamente.
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto do post;
- Ofensas ao dono e aos leitores não são aceitas;
- Os artistas citados no texto não podem sofrer nenhum tipo de ofensa nos comentários;
- Deixe o link do seu blog para que eu possa visitá-lo.

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog.

Obrigado pela visita, volte sempre!!

 
Back to top!